sexta-feira, março 04, 2011


Vazio particular


Meu vazio particular é só meu...
Ninguém entra, ninguém interrompe, ninguém sabe
Ás vezes fujo pra lá pra me sentir segura
Nada me abala, nada muda, nada sinto...
Isso de vazio é muito bom quando se sabe utilizar.
Não é que eu esteja triste, ás vezes só me canso de tudo
Nem sempre quero multidões, nem sempre quero conversas
Porque quando fico sozinha é que posso enxergar verdadeiramente quem eu sou
E o que vejo? 
Ah... Isso ninguém jamais saberá!


8

8 comentários:

Isia Pereira disse...

Sei como é esse vazio particular... ando visitando o meu com muita frequencia ultimamente...não sei q isso é bom ou ruim no meu caso... já pensou em escrever um livro bela?

A.S. disse...

Às vezes precisamos ficar sós...
para olharmos para dentro de nós!...

Beijos meus,
AL

Marcos Danillo disse...

ai ai num consigo sair do meu vazio o melhor lugar q se existe no mundo... mesmo sendo longe e é tão perto
bom gostei muito.

• cynthia bs disse...

Mesmo!
É um momento tão absoluto, tão real, tão particular...
É como se a gente tivesse uma conversa consigo mesmo, de onde saem diversas opiniões, como se tivéssemos diversos "eus" ou "uma suma de não-eus sintetizados num eu postiço.

Ótima reflexão, Bells!

Beijos, um lindo fim de semana para você e um carnaval de paz e muita alegria!

com amor,
Cynthia ;*

Marcela disse...

(...)Nem sempre quero multidões, nem sempre quero conversas
Porque quando fico sozinha é que posso enxergar verdadeiramente quem eu sou

Necessitamos desse espaço só para nós. É natural...

bjs

Thais Alves disse...

O silêncio pode nos dizer mais que mil palavras, a escuridão pode nos mostrar mais que mil lampâdas acesas, a imagem refletida no espelho pode me ensinar mais que mil sábios.

Jhuliana disse...

TUDO VERDADE>...
adorei a sinceridade dos sentimentos, e tem aqueles dias que queremos nos ouvir, e pra isso nada melhor que está só.

Daniela Filipini disse...

É o que eu chamo de "dor existencial", o que ocorre não é exatamente dor, é um cansaço de tudo, uma angustia, uma agonia que não se define.
Então chamamo-as: dor.

Postar um comentário

E aí, o que achou do texto? Seja sempre bem vindo(a) e volte sempre! ;* <3