domingo, fevereiro 07, 2010


A infância que se foi...

 

Sinto falta das conversas jogadas ao vento
Sinto falta das algazarras que fazíamos, das fotos engraçadas, as bagunças de domingo...
Olho pra trás e tudo o que vejo é saudade
A gente acreditava mesmo que seria sempre assim?
Nada importava, e a vida era só alegria
Festa, fantasia...
Mergulhávamos no nosso próprio mundinho "encantado", conto de fadas, amores sem fim
Não nos importávamos com o que os outros iriam falar
Tudo era só diversão
Compartilhávamos nossas frustrantes experiências de amor
E elas nem existiam de verdade...
A gente acreditava mesmo que seria sempre assim?
E como não é um conto de fadas, tudo tem seu fim
Crescer faz parte da vida
O tempo passou e levou com ele a pureza da infância
Agora somos ocupadas demais, distantes demais, e vazias... 
Esse vazio é a criança que se foi
A alegria ainda vive aqui, mas nada será como antes
Responsabilidades, maturidade, preocupações...
Não poderíamos simplesmente voltar a ser apenas crianças?



7

7 comentários:

thiago_torres disse...

E o pior de tudo é que deixaremos de amar e ver a vida de forma ingênua e esperançosa!

MarceloGarcia disse...

O tempo quando agente era mais novo(pequeno não cabe bem em algumas ocasiões) sempre da saudade mas o bom e quando agente traz as amizades daquela epoca e lembra dos momentos bons...

Gian Fabra disse...

lá no fundo a criança continua... bem lá no fundo, é só querer encontrar.
bjs

- All disse...

Ah que lindo, engraçado que eu estava refletindo isso ontem mesmo, confirmação. Como eu gostaria de poder voltar, sem mágoas, sem medos, sem decepções. Na verdade, era lindo mão entender nada da vida =). Espero mais textos, beijos ^^

Enrique Coimbra disse...

Não sinto falta da minha infância. Nunca fui uma criança, de verdade. Sempre tive responsabilidades de adulto e nunca ME SENTI uma criança. O legal era não ter que me preocupar com dinheiro.

Maria Fernanda Probst disse...

Tempo bom deveria ser para sempre.

Felicidade Clandestina. disse...

LINDO texto *-*

que saudades que eu tenho, de ser menina.
e quem me dera pudesse voltar.
Amei o blog e as palavras tão lindas suas.

beijos beijos :**

Postar um comentário

E aí, o que achou do texto? Seja sempre bem vindo(a) e volte sempre! ;* <3