terça-feira, maio 18, 2010


Sentimentos ao vento...


Sabe quando tudo começa a acontecer ao mesmo tempo?
Quando você sente que vai desmoronar a qualquer momento?
Quando nada do que você gostaria de fazer dá certo?
Quando você já não sabe mais o que fazer?

Sim, estou "brincando" na beira de um precipício.
A brisa aqui em cima é boa e agradável, mas quando olho para baixo, o medo me consome.
Preciso definir um rumo seguro pra minha vida, preciso de um Norte, um porto seguro...
Desisto de bater a cabeça na parede, não dá mais!

Eu quero mesmo é ser feliz... e pronto!
Não importa como, onde, ou quando.
Não importa quantas vezes eu terei que quebrar a cara, que perceber que a vida real é cruel, que as coisas não acontecem sempre como a gente quer. E que as pessoas irão nos magoar inúmeras e inúmeras vezes, que a gente vai acabar caindo na mentira de alguém, assim como vamos mentir, chorar escondido e rir da desgraça alheia...
A vida é bem estranha, já não tento mais entender, simplesmente viver.
É isso que vou fazer...
Ou pelo menos tentar!
Eu nunca fui muito convencional, eu atraio gente louca, eu atraio furadas, eu sou imã para problemas, não sei administrar meus sentimentos e ás vezes nem sei o que sinto, como agora.
Me desculpem pelo post...
Há coisas demais na minha mente, há problemas demais no meu coração!

" Gosto dos venenos os mais lentos, das bebidas as mais fortes, dos cafés mais amargos, e os delírios mais loucos. Você pode até me empurrar de um penhasco que eu vou dizer: E daí, eu adoro voar! " (Clarice Lispector)
13

13 comentários:

Wilian Bincoleto Wenzel disse...

Impossível não termos momentos como esses em nossas vidas, se não, não seria uma vida normal.

O que você tem que fazer agora é aprender a voar. Rs' Uma hora ou outra isso fará toda a diferença pra você, Bela!

Só continue sendo assim, insubstituível!

O meu beijo e o meu carinho mais delicado.

Borblady disse...

"Há coisas demais na minha mente, há problemas demais no meu coração!"
Tambem me sinto assim x:

Alanna Stefhany disse...

'A vida é bem estranha, já não tento mais entender, simplesmente viver.'
é muito eu.
amo seus textos cada vez mais !

disse...

Acredito que nesses momentos, quando estamos mais perturbados, é que chegamos mais perto da felicidade. "Tudo vale a pena quando a alma não é pequena" Não se esqueça ;) Beijos

Anna Beatriz disse...

A vida é realmente beem estranha, também não sou muito convencional :)
beijos!

Camila disse...

profundo,um tom triste... mas amei mesmo !!

Thais Alves disse...

"Eu nunca fui muito convencional, eu atraio gente louca, eu atraio furadas, eu sou imã para problemas, não sei administrar meus sentimentos e ás vezes nem sei o que sinto, como agora."

Liindoo texto *-*'

lolla disse...

_estou passando pra dar um oi;
ameeiteu bloog;
estou seguindo ;
se quiser retribuir ;
lollaramonad.blogspotcom ;
bjj <33

Letícia ♥' disse...

Oiie!!
muuito lindo o seu blog!
to seguindo!!
beeijO*
tdo de bom pra vc...
(:

camila souza. disse...

ei guria tudo bem contigo?
(:

Caroline. disse...

a foto me lembrou Bring me to life do Evanescence e Clarice no final ficou foda.
Tá triste mais um triste bonito -q

Jéssik Adrielly disse...

Muitoo Bonitoo seu post..
parabéns.. eles passam a mensagem
aos nossos corações..
Continue assim!

Beijuh

Patrícia Azevedo disse...

muito lindo!
estou te seguindo! te espero lá no meu, tá bom?
que Deus te abençõe, um ótimo dia!

Postar um comentário

E aí, o que achou do texto? Seja sempre bem vindo(a) e volte sempre! ;* <3