terça-feira, dezembro 21, 2010


Primeiro amor



Só se ama verdadeiramente uma vez e isso não acaba, NUNCA. Meu amor tem nome, endereço, telefone, CPF e tudo mais. Victor Teofilo Rodrigues, de Mantena, Minas Gerais. Está vivo, firme, forte, saudável e me traz cada dia mais felicidade. Antes dele não há nada além de poeira e erros que jamais serão repetidos. Nosso futuro construiremos juntos, como marido e mulher... Porque: “O amor é paciente o amor é bondoso... Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta..." I Co 13. Cresceremos juntos, com as bençãos e a proteção de Deus. Nem o tempo, nem a distância, nem a inveja ou a maldade, nem a injustiça, os erros ou tribulações dessa vida, nenhum bem material ou ser humano, nada disso nunca poderá nos separar, nos envenenar ou atrapalhar. Amém!


A postagem original foi removida pois estava causando transtorno à um leitor mal informado tão preocupado com a minha vida. Seu conteúdo velho e ultrapassado não estava condizendo com a minha realidade, tampouco com meus sentimentos se essa era a preocupação deste ser humano desprovido de vida própria.


Meu blog, meu conteúdo.




Izabela Mariana de Lima.
9

9 comentários:

Cintia Tavares disse...

Lindo texto meu bem!
Parabéns e um LINDO e feliz Natal pra você e toda a sua família!
Fica com Deus, beeijos!

manucrazy ;) disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Vítor Lima disse...

Queria ter seu QI

♥ Pri - NSNL ♥ disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Diário de Marcella disse...

Oiii (:

Tem selinho para você no meu blog (:
http://diario-de-marcella.blogspot.com/2010/12/selinho.html

Beeijos,
Marcella

Claire disse...

Bela,tem um selinho pra voc,no meu blog.Espero que goste.Um grande beijo.!!

Daniela Filipini disse...

Já tive muitos amores e, infelizmente, só tenho boas lembranças (que ainda me fazem sorrir) de um deles, o primeiro, pra falar a verdade.. O primeiro que me importou realmente.

Tenha um feliz Natal.

Anônimo disse...

como vc mesma diz ''Esquecer é impossível.
Nunca diga nunca''...
Será que vc segue aquilo que diz?? qq adianta escrever e dizer coisas que na verdade nao nao faz... pra que ficar com fantasias de qe ''hj'' nao se importa qe no passado nao sentiu nada tao profundo e depois postar textos como estes... acho que vc poderia rever esse caso, e parar de fingir ser alguem que nao é, alguem que vive na propria ilusao . onde a sua propria mentira te consome.. e o pior eé qe vocee vai na onda...

Bela Lima disse...

Anônimo, se vc notasse a data desta postagem levaria em conta o fato de que o tempo passou, eu mudei, minha cabeça mudou e eu percebi que tudo é bem diferente. Não posso mudar o passado, o que eu falei ou escrevi, mas posso viver meu presente e meu futuro e gostaria que fizesse o mesmo com sua vida sejá lá quem for e me deixe em paz. Não sei do que você está falando, quem vive de passado é museu e gente tola. Um dia escrevi um texto bobo, nem me lembrava mais, e acabei de excluí-lo. Amo verdadeiramente, meu primeiro e único amor, o qual se tornará meu marido em breve, e o nome dele é Victor. E quanto a esse monte de baboseira que vc disse ao final não perderei mais tempo. Sou segura das minhas decisões, dos meus sentimentos, do que sou e do que já fui e nunca mais serei. Eu não minto, e se mentisse não seria da sua conta. Obrigada por se preocupar tanto com a minha vida, mas eu não preciso disso. Cuide da sua vida que você ganha mais. Leve seu lixo pra bem longe do meu blog, obrigada.

Postar um comentário

E aí, o que achou do texto? Seja sempre bem vindo(a) e volte sempre! ;* <3