quarta-feira, março 10, 2010


O começo ( parte 1 )



 Quando se viram pela primeira vez foi como se algo explodisse dentro dos dois. Troca de olhares, sorrisos tímidos, mãos suando... Tudo durou apenas segundos. Ela foi pedir uma bebida, nunca achou que dançar fosse o seu forte. Ele continuou com seus amigos, acabara de chegar.
Noite de Natal, festa, férias, viagem, amigos reunidos, música, agito, curtição. Ao sair de casa ela não sabia como seria sua noite, a única coisa que tinha em mente era diversão. Mas depois daquela troca de olhares, algo ficou diferente, e ela podia sentir mesmo com o alcool começando a fazer efeito, ela era muito forte para bebidas.
A música tocava e ela só queria saber de dançar. Se ao menos tivesse escutado sua prima dizer que aquele era o garoto que ela esperava encontrar ali... Sim, ela já conhecia ele, mas nunca o tinha visto.
Virou-se bruscamente com o susto daquelas mãos quentes em seu ombro, sua pele era sempre mais fria que a das outras pessoas. Era ele.
- Por que ainda não falou comigo mocinha? -disse ele com um tom de ansiedade um pouco elevado.
-Ah... Oi! -respondeu ela, ainda sem jeito.
Foi só depois desse "oi" que ela entendeu... Era ele! Conversaram algumas vezes pela internet, moravam tão longe um do outro, e agora estavam tão perto. O coração dela estava descontrolado, ela nunca havia ficado tão nervosa, e isso a irritava, não era pra estar agindo daquela forma, queria estar naturalmente calma, mas não dava, não com ele.
- Você é ainda mais linda pessoalmente, Gabi! -ele disse com intusiasmo.
Ela mal conseguiu pronunciar um "obrigada", sentiu sua bochecha esquentar, estava vermelha.
Ele sorriu satisfeito, era essa a intenção, deixá-la envergonhada... Ele gostava dela desde antes de conhecê-la, mas ninguém sabia.
Voltaram a suas respectivas turmas, ela dançava mais ainda, queria tirar ele da cabeça. Nunca gostou muito de ficar vulnerável assim aos sentimentos. Beijou outro. Um menino lindo, mas não era ninguém, não era ele, beijo vazio.
Bebeu mais, dançou mais, e esperou...
Como num sonho bom, ele veio. Não perguntou nada, nem sequer reparou no cheiro de bebida. Olharam-se, dessa vez mais profundamente, e beijaram-se.
Ela já não ouvia mais a música, não via ninguém, só sentia...
Sentia o quanto a pele dele era macia, e quente, seu cheiro irresistível em um doce sutil, o beijo envolvente, seus cabelos molhados de dançar se entrelaçavam nos braços dele, mãos firmes e grandes, ele era forte e atraente em cada célula, estavam conectados.
Abraçaram-se e logo souberam que aquele seria o começo de tudo...
15

15 comentários:

Wilian Bincoleto Wenzel disse...

Que história, Bela!

Uma narrativa intensa, que não dá vontade de parar de ler! *__*

-- --

Vejo que os nossos agradecimentos serão sermpre recíprocos. Rs' Terá sempre que possível minha presença em forma de palavras aqui.

Beijo, Bela! ;*

Mah disse...

Nossa, que profundo. Adorei *-* Beijos

Anônimo disse...

Nossa muitoo bommm msm de vdd...
gostoso de ler!

Isaabela twitter..

Joyce Carolini. disse...

Bela.
Amei! História incrível!
Obrigada por teu comentário!

Beijos pra ti!

Gabriela S. * disse...

PARABÉNS,amei o bloog querida,o jeito como escreve é lindo encantador me admirou de verdade.
TO SEGUINDO,passa no meu ? http://www.vivendonocapricho.blogspot.com/
BEIJOS E SUCESSO !

Hanna Matias disse...

Ai que lindo Bela *-*
Nem da vontade de parar de ler
:D:D
gosteeei

beeijo

anaa ' disse...

que liiindo *-*

pensador made in vaso disse...

interessante.....

Jheniffer Luana disse...

*-* ameii ainda mais a parte da distanciaa *.*
sumiu do meu blog ;/
beijos gata :)
;**

Edgard ♠♦O Pierrot♥♣ Antonello disse...

Nossa seu blog é muito bom. Encontrei textos aqui que me surpreenderam. Meus sinceros parabéns! Vou seguir ok? Dá uma passada no meu depois, axo que vc vai gostar bastante. Segue se possivel rs :p

Enrique Coimbra disse...

HAUAHAUHAUHAUHAUH "Era ele!" (sim, ela teve um orgasmo!)

Arrasou, de novo. E nosso lado feminino é belíssimo.

Borblady disse...

Devia continuar a escrever historias assim, historias soltas como voce diz (:
adorei

Alanna Stefhany disse...

Que coisa linda, Bela! *-*

Juliana Campos disse...

...e a distância, é sempre ela. Mas o melhor é o (re)encontro! ^^ Obrigada pelos comentntários do lado de lá.

camila souza. disse...

o carinha que ta aque atrás na foto parece o Amarante do Los Hermnaos rs

Postar um comentário

E aí, o que achou do texto? Seja sempre bem vindo(a) e volte sempre! ;* <3