quarta-feira, março 03, 2010


Colecionadora de corações

 

Ela anda pela rua como quem foge de casa
Sempre muito apressada
Sempre muito desconfiada
Misteriosa, sedutora...
Por onde passa conquista olhares
Arrebata seguidores
Não vive por ninguém
Não espera gratidão
Ela consegue tudo que quer com seu jeito sorrateiro
Quem a vê assim sorrindo se apaixona de primeira
Aparentemente feliz
Seu coração não tem dono
Sua alma livre é
Foge da paixão
Do amor já é imune
Se envolve, curte, vive, e no outro dia se despede
Mas não é assim tão fácil
Ao senti-la, prende-se a ela
É conhecida por algo incomum: Coleciona corações
Em seu peito jaz uma pedra
Não se comove com nada
Parada a beira da janela, se pergunta como é ter algo quente no peito
Amor, paixão...
Os corações que pega não devolve
Quer saber como é tê-los
Seus donos não se queixam
Dela serão eternos reféns
E a colecionadora de corações continua, dia após dia
Sua modesta coleção só aumenta
Quem sabe um dia ela encontre um coração que a descongele por dentro
Pois um dia alguém trancou sua felicidade
E esqueceu de deixar a chave...

10

10 comentários:

Alanna Stefhany disse...

Muito, muito, muito lindo!
Acho que uma pessoa não deve despertar o coração do outro se não puder dar o que ele realmente quer. São essa mágoas que nos deixam sóbrios.
Beijão, seu blog que é maaaaais viciante!

Ju Fuzetto disse...

Linda, que lindos versos!!

Um coração trancado é um tesouro escondido!!

Ah, eu já virei fã do seu espaço!!

Você tem a alma leve e escreve com o coração saltando pela boca!!
adoro!!!
beijosssssssssss

Caroline. disse...

Nossa, muito bom. Lindo.
Queria ser igual essa pessoa sahasuashsauas "/
Beijo =*

Wilian Bincoleto Wenzel disse...

Eu confesso que essa personagem foi criada com uma inspiração incrível. Mas, ainda creio que ela seria uma personagem melhor a partir do momento em que seu coração fosse aberto novamente. Assim ela conseguiria viver a vida com mais intensidade. Por mais que os refens não liguem para o seu desdem, são corações alheios e que, se não valorizados, devem ser de outras pessoas.

Adoraria encontrar a Colecionadora de Corações qualquer dia desses. Seria um tanto quanto curioso... Pela primeira vez ela encontraria alguém imune a uma mulher aparentemente encantadora e sedutora.

Smack! ;*

Diego Morais disse...

Muito legal o texto e o blog todo.
Valeu pelo comntário.
Vou seguir.
:)

Juliana Oliveira disse...

- Tbm me identifico horrores com o q escreve. esse se texto ficou mto bom e acho q já conheço essa colecionadora d coraçaõ
BJOB

Maria Fernanda Probst disse...

Tuas palavras são um encanto, Bela.

Luan Fernando disse...

Ela precisa se dixar amar.
Adrei o seu blog, escreve de forma encantadora.
Beijos Juliane

Mah disse...

Muito interessante o texto. Adorei. Beijos

Borblady disse...

Talvez quem trancou a sua felicidade volte e traga a chave para poder deixa-la voar de novo .

Postar um comentário

E aí, o que achou do texto? Seja sempre bem vindo(a) e volte sempre! ;* <3