sábado, fevereiro 27, 2010


Mentir ou não mentir? Eis a questão!

Muita gente já se deparou com este dilema em alguma situação da vida, mas como saber o que fazer? Mentir para acalmar ou falar a verdade e magoar? É realmente difícil...


São nossas escolhas as responsáveis pelas consequências de nossas vidas. Pode ser que a mentira que você conta agora faça alguém feliz, apesar de ser uma coisa falsa, e para mantê-la você vai ter que contar outras mentiras, algumas insignificantes, outras nem tanto. O tempo passa, as coisas mudam... Pode ser que a mentira nunca seja revelada. Mas, se num belo dia, a pessoa para qual você contou sua "mentirinha" descubra a verdade, como ela reagiria? Aposto que não seria muito bem. No melhor dos casos (se ela for muito boazinha), ela vai ficar pê da vida zangada, e talvez (eu disse TALVEZ), perdoa-lo. Mas se ela se sentir realmente ofendida e enganada? Se ela começar a duvidar de TUDO que você já disse a ela? E se ela nunca mais confiar em você? Aí a sua "mentirinha" boa boba terá arruinado uma amizade ou um relacionamento. Não teria sido melhor falar a verdade, ter decepções momentâneas, mas satisfações futuras?



A mentira vicia. Caso a pessoa tenha se dado bem com uma, vai querer mentir sempre que as coisas estiverem um pouco apertadas, talvez nem precise tanto, e quando perceber já não vai mais conseguir ser sincera, nem mesmo em assuntos importantes. Porque vai ter sempre uma mentira na manga...

Há pessoas que se enganam com suas próprias mentiras, vivem em um mundo fictício e querem levar as pessoas para dentro dele. Quando me deparo com uma dessas "peças raras", me afasto. Prefiro pessoas aparentemente grossas, porém sinceras, do que gente falsa, mentirosa e iludida com a vida. Quem mente perde a credibilidade com todos ao seu redor, chegando a um ponto onde até mesmo suas verdades se confundem com mentiras.



Podemos compará-las a bolas de neve, começam pequenas e inocentes, que vão crescendo, se desenvolvendo, pegando velocidade e, de repente, você vai notar que elas estão devastadoras, rápidas, grandes e extremamente pesadas. Um dia essas grandes mentiras encontrarão um obstáculo intransponível e sólido, chamado verdade. Nele a mentira se chocará, e as consequências desse "conflito" podem ser inimagináveis.

Eu sigo a idéia de que a verdade sempre vale a pena. Ela machuca, mas ensina a viver. Não é certo mentir para acobertar coisas ruins, a vida é assim, nada é perfeito. Passamos por decepções o tempo todo, por isso precisamos estar "acordados" para enfrentá-las, e não "encantados" pelas mentiras que nos contam. A verdade é real, mesmo que possa ser cruel. Não é a mais fácil, mas é a melhor saída!


Mas, eu minto. Ás vezes não dá pra evitar, é como se ela simplesmente escapasse da minha boca. Seria hipocrisia da minha parte  dizer o contrário. Você também mente. Todos mentem. Assim como todos erram, magoam, ferem, se arrependem... O importante é ter a consciência de que vale a pena dizer a verdade, evitando uma grande bola de neve, que prejudicará mais a você, do que a qualquer outra pessoa envolvida. Mas, quando a mentira vier... Esteja preparado.
14

14 comentários:

Sαbrinα disse...

A mentira é algo até inesplicável dentro da gente, muitas vezes ela sai sem nem ao menos pensar, ou muitas vezes ela se torna tão forte, que acaba por ser verdade.
É a mentira as vezes é até essencia para uma vida mais emocionante, ou intensa.
Mentira talvez seja necessario, ou estou mentindo? :*

Jheniffer Luana disse...

Nussa esse post ficou muito filée :)
verdade a mentira e uma bola de neve mais nem todos pensam assim ne ;/ Por isso qe hj em dia o pessoal tem nariz grande por causa de mentiraas oieuioeoe' Beijoos post lega'z :) Parabéns :D
;**

Wilian Bincoleto Wenzel disse...

Boa Noite, Bela!

Teve muito clareza ao falar desse assunto, soube balancear bem suas palavras. Falar sobre algo tão complicado quanto a mentira, sem machucar ou ofender ninguém é um tanto quanto difícil, mas você conseguiu com esse texto.

Me fez lembrar de uma fase da minha, na infância... Era um mentirosinho de mão cheia...Comecei como quem não tinha culpa de nada, e quando me dei conta ela já havia me contaminado por inteiro, amigos me caçoavam pelas "histórias inacreditáveis" que contava e coisas do tipo. Mas a estrela sempre tem um pouco de seu brilho consigo, ele cresce ou diminui, depende de sua força de vontade. Graças à Deus, consegui fazer com que minha estrela brilhasse.

Deus não nos permite nascer perfeitos, mas nos permite aprender, aprender a cada instante, debaixo de sua vontade e de seu infinito amor, que cai entre nós, é incondicional!

Obrigado pelos elogios, confesso que não me sinto merecedor. Rs' Adorei aqui também... as cores, os assuntos que aborda (sempre leio mais de um texto), a leveza ao escrever e a beleza* no olhar de alguém que tem o nome parecido com o dela, Bela!

Desperation Band - 2ª banda da minha vida! Deus os tem abençoado muito, porque eles tocam e cantam com a alma e com o coração!

p.s: Me perdoe pelo "comentário-texto"... não gosto de ter a sensação de ter sido "meio-entendido". Rs' ;*

Tiabetok disse...

eu prefiro acima de tudo a verdade...sou do tipo curta e grossa(as vezes muito grossa"!) não vale a pena levar nada na mentira,
acredito sim, que tenham mentirinhas saudáveis, raras mas existem, enfim...errar é simplesmente humano, mas mentir para esconder um erro é pior ainda...
na boa, nem sei o que to escrevendo, meu amigo passou, na federal, e estou muito chapada na frente do pc...depois entro e comento direito
bjos

Tania Girl disse...

Oiii
O seu post ficou muito legal, você falou muito bem sobre o assunto e com muita clareza. Gostei demais.
Mentiras, infelizmente, as vezes são melhores, mas elas têm perna curta e uma hora, cedo ou tarde, acaba sendo revelada né?Eu procuro sempre tentar dizer a verdade, ou então, simplismente não dizer nada. Mas ninguém é perfeito, e as vezes minto..rsrsrsrsrsrs fazer o que né??
bjos

Mariah disse...

como é mesmo aquela frase? "uma mentira contada mil vezes se torna uma verdade" ... complicado, não?

Mah disse...

Já passei por uma situação em que achei que a pessoa não iria aceitar a verdade e acabei embolando um pouco a história para que ela aceitasse. Mas no final de tudo, mesmo que dissesse a verdade sem ser embolada essa pessoa aceitaria. É tenso quando isso acontece. '-'

Leticia disse...

Já ouviu "Menti pra você, mas foi sem querer" do Pato Fu?

Pois é... é mais ou menos por aí.

Haha

beijo!

camila souza. disse...

por experiencia propia nunca nunca nunca fale mentira,ela vai te perseguir sempre ate descobrirem!Fato sempre descobrem!

juu . disse...

fale somente a verdade, só a verdade! boa semana. beijinhos.

Juliana Oliveira disse...

- mentir é feio? Sim, fato. Mas foi como disse, todo mundo mente frequentemente. Ninguém quer machucar ou sair machucado na histórinha. Prefiro a verdade, que é mais completa. Bjão
Obg pela visita

Juliana Oliveira disse...

- Ai que está...nunca gostei de gente certinha. Passei a gostar dos cetinhos depois de conhecer o meu namorado. Até a tatoo que quero fazer, ele quer impedir. Mas descobri que sou mto mais feliz ao lado dele. Até curtia mais gente errada mas vivo em contradições. Elas fazem parte do meu dia a dia
BEIJOOOOO!

Ju Fuzetto disse...

Oi Flor. ótimpo texto, Parabéns!!!

às vezes uma mentira vira uma realidade inventada!!

Grande beijo, lindo seu espaço!!!

Joyce Carolini. disse...

Sabe, é melhor uma verdade amarga. Do que uma doce mentira. Li essa frase em algum lugar e gostei.
O teu texto está excelente!

Beijos!

Já postei os selos.

Postar um comentário

E aí, o que achou do texto? Seja sempre bem vindo(a) e volte sempre! ;* <3